23 de fev de 2013

Grafitando pela consciência no planeta

Ontem fez 2 anos que eu lancei minha primeira arte na rua. Era um domingo, exatamente 22.02.11. Tinha voltado de uma praia clássica, mas cheia de lixo. Naquela época, realizava 2 projetos de conscientização em Ipanema - Caraíva e Dia Histórico - e não entendia o porquê desse lixo mesmo com todas as campanhas que já vinhamos fazendo desde 2006.


Parei pra tomar um açaí e tive a brilhante idéia de pintar uma caixa de sinal, exatamente aquela da Miguel Lemos. Espreitei até a última gota de açaí e fui na DP da pracinha pra trocar uma idéia com o Nascimento. Passei em casa e catei umas 10 latas. Como fiz parte do G-80, já conhecia a emoção de usar um spray por aí, mas esta seria a primeira vez grafitando.

 


Antes de começar, passei na farmácia e avisei que iria grafitar e ganhei força da balconista. Montei a câmera e parti pra ação. A bateria acabou em menos de 5 minutos e acabei representando apenas 1 dos pássaros da arte "Harmony in my Head".


Enquanto pintava, um casal pediu pra escrever o nome deles. Mas só as iniciais entraram: R + L, exatamente as iniciais do meu pai e minha mãe. No dia seguinte, às 8h da manhã, iniciei a 2ª arte na rua, noutra caixa na Miguel, onde agora se encontra o Funkadelic Miles!


Apesar de não conter as preciosas imagens da minha primeira atuação na rua, o vídeo abaixo dá uma boa noção do que eu aprontei nos primeiros 2 anos de grafitti!

PXE: 2012 - 1974 feat. Budspells + Mc Hyjack

Nenhum comentário: