18 de mai de 2013

De Peugeot a PXE!


Até bem pouco tempo, bicicleta pra mim, representava aquele movimento de pernas que faço voando pra  pegar a bola no ar. Manobra que eu nunca vi meu pai executar, apesar de voar e amar bicicletas. Das teretetê às Caloi 10.

 A bicicleta na abertura do Ipanema All Teen aos 26 segs.

Meu irmão sempre viajou nessa mesma onda e agora, começo a entender a paixão pela “magrela”, apesar de nossa relação tragicômica...

Aprendi a andar numa bicicletinha que meu irmão usou. Talvez nos meus primeiros dias no Lins, numa tarde. Meu pai vinha na contenção até que eu entendi um jeito de começar sozinho e pronto, consegui. No dia seguinte, acordei cedinho pra dar um role de bike. Logo que comuniquei a primeira pessoa: “aprendi a andar de bicicleta!”, me distraí e arranhei o carro do pai de um amigo...OOOPS!

Arte em andamento que inspirou os graffitis abaixo

Graff realizado durante a ação "Que todos os muros virem telas" em Copacabana

PXE na Av. Atlântica - Copacabana

Anos depois em direção ao Grajauex (do Rio), topei de frente com uma moto. Na contramão, voei sob o guidon e quebrei o farol...Comecei aos 12 no skate. Até me divertia com uma BMX das clássicas com freio contra pedal. Mas só voltei a adquirir uma bike quando fui desafiado a subir a estrada pra Vista Chinesa, missão cumprida com sucesso no mesmo dia que saiu da loja, em 1992. Ainda dei uns rolés insanos com essa mountain bike pelo Aterro até esquecê-la e dar conta de seu misterioso sumiço. Puffffff!

Cheguei lá na Mesa do Imperador igual a um neozelandês, mas cheguei!

E muito próximo do Natal de 2012, ganhei uma bike pela pintura verde no armário de metal dos vizinhos. Ela chegou branca mas cheia de poeira, sem um pedal, de banco rasgado e pneus vazios. Depois dos primeiros acertos, dei um rolé na rua cantando "My ever changing moods", um clássico da banda inglesa The Style Council,  onde aparecem pedalando uma bike do mesmo estilo. (como o vídeo original não está disponível, ficamos com outra versão, sem as bikes!)

 
The Style Council - My ever changing moods

Ontem, depois de mais uma visita ao cicle e um rolé até o Dois Irmãos, dei uma geral com direito a banho e pintura nova (aguarde foto oficial).

Confesso que estou apaixonado...rs

2 comentários:

Alexpx ThreeTen disse...

Hey PXE,
Estou feliz de ter encontrado seu site.
Sou muito fã do seu trabalho... continue fazendo o Rio mais colorido, mais lindo!

Alex de NY.

Marcio PXE disse...

Valeu Alex! A arte não pára!

abs,

PXE