28 de jan de 2017

O futuro está em suas mãos!

Também fiquei chateado com o apagamento da artes em Sampa, mas rapidamente constatei que aquilo se tratava apenas de uma ação política, com a única e exclusiva intenção de (literalmente) apagar os feitos da gestão anterior. Com toda indignação gerada na internet, o novo prefeito manteve algumas pinturas na área e anunciou posteriormente que a arte de rua vai ganhar outros espaços na cidade, incluindo remuneração aos artistas, como foi feito na gestão anterior (do partido rival).

Se levarmos em conta o DECRETO DO GRAFFITI, criado aqui no Rio, existem lugares específicos para a prática da street art (art. 4º) e toda arte criada nesses espaços tem 2 anos de permanência garantida (art. 6º).

Na vida real, no que diz respeito ao artigo 4º, o decreto pode funcionar ou não e a chance de "rodar" é grande (RODAR - gíria equivalente a dar um passeio na viatura da PM, visitar a delegacia pra assinar um termo circunstaciado, onde você praticamente confessa que foi pego "pixando", que resulta num processo, onde você pode ter a chance de provar sua inocência ou optar por uma transação penal, que também não acaba sendo uma boa pra quem só queria fazer arte).

Só estou falando isso para que os amantes do graffiti saibam que artistas de rua no mundo inteiro, seguram vários B.O´s pra expressar sua arte, muitas vezes tirando o dinheiro do próprio bolso para custear as tintas, sem contar as exaustivas horas dedicadas e exposição a um material tóxico.

Vamos ver um exemplo? Um colégio de um bairro da Zona Sul do Rio é demolido. Resta apenas um muro chapiscado, que sempre esteve lá, mas agora serve como uma cerca da nova obra. Você é um artista de rua de expressão, morador desse bairro, quase vizinho da tal obra, e pode perceber que aquele muro não vai durar muito ali. Com a imensa restrição de paredes no seu bairro, você quer apenas uma pra expressar sua arte, independente de quanto tempo ela fique lá. Como você mora no Rio de Janeiro, sabe que a noite é o melhor horário pra pintar, sem aquele calor desconfortável. Diante da parede, você dá os primeiros rabiscos, apenas um idéia do que pode vir a ser. No prédio da frente, lá de cima, alguém só consegue te ver com uma lata de spray na mão e sua primeira reação é ligar para a polícia, comunicando que há um pixador em ação na sua rua. Como num passe de mágica, surge uma viatura. Antes de descer do carro, o policial consegue ver um desenho mais detalhado de perto e percebe que além de usar uma máscara e carregar uma boa quantidade de latas, você continua pintando.

Sabendo que o graffiti é descriminalizado, ou seja, não é crime, a abordagem policial costuma ser diferenciada. Você alega que é grafiteiro, mostra seu material e o esboço da arte, conta que o muro será derrubado em breve. O policial diz que um morador ligou dizendo ter visto um pixador e que desta forma, vai ter que conduzí-lo até a delegacia e isto quer dizer que você "rodou"!!! Felizmente, todo mundo da vizinhança conhece e ama suas artes e impede que o policial te leve. O segurança da obra aparece e "autoriza" sua arte, alegando que o muro faz o "papel" de tapume e sumirá em breve. Finalmente, o policial vai embora sabendo que houve uma "autorização".


Na verdade, tudo que foi simulado acima aconteceu comigo e foi registrado até o início da abordagem policial. Infelizmente, já passei por muitas outras situações que não acabaram tão bem e ouvi inúmeras histórias semelhantes. No momento, estou "dando um tempo" na arte de rua pra me dedicar à música, pois independente do barulho que eu faça, o máximo que pode me acontecer é ouvir uma reclamação do vizinho ou da síndica.


 Voltando à SP, vejo que antes de assumir qualquer compromisso com a prefeitura, os grafiteiros, deveriam  propor mudanças na lei que permitissem a qualquer um lançar sua arte na rua. Pensando um pouco além, até seria mais legal ver a população se organizando pra trazer novas cores a cada bairro, de forma livre, o que certamente estimularia o surgimento de novos artistas.

O futuro está em suas mãos....
 "QUE TODOS OS MUROS VIREM TELAS!" 
Marcio PXE

Segue lá no instagram!
@marciopxe

Mais vídeos para os amantes do graffiti:
www.youtube.com/user/marciopxe







Nenhum comentário: